Arrecadação em condomínio

Arrecadação em condomínio: descubra agora como aumentar

Você sabia que, em tempos de crise, a criatividade pode ser uma grande aliada na hora de garantir o nosso dinheiro do mês? Para arrecadação em condomínio, colocar novas ideias em prática pode ser uma ótima forma de garantir o dinheiro previsto no mês e ainda reduzir a taxa mensal paga pelos condôminos. E como aumentar a arrecadação do condomínio sem elevar a taxa condominial?

No texto de hoje, vou te mostrar 7 dicas incríveis que você poderá colocar em ação no seu condomínio de maneira simples e prática, vamos lá?

1 – Locação de terraço para empresas de telefonia e internet

É uma ideia comum atualmente para arrecadação nos condomínios. Você pode alugar o terraço dos prédios para empresas de telefone e provedores de rede para que eles possam colocar antenas de seus serviços para captar melhor o sinal.

Com essa prática, você receberá um valor mensal dessas empresas e os seus inquilinos não precisarão desembolsar nem um centavo a mais por isso.

Existem sites que funcionam como classificados, como o MyTower,~nos quais as empresas podem visualizar quais locais estão disponíveis para a instalação das antenas e, então, entrar em contato com os que mais forem convenientes para seus serviços.

Para que o condomínio possa se candidatar na locação de espaço para antenas é preciso uma boa localização, aprovação dos condôminos, alguns documentos em dia, como AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) e laudo técnico do para-raio para viabilizar o processo.

O valor da locação pode variar muito, já que depende da localização do condomínio. Existem casos do condomínio receber R$800,00 por mês como também receber R$100mil por mês. Mas geralmente a média fica entre 6 e 8mil reais por mês. Essa pode ser uma boa maneira de aumentar a renda do condomínio, não é?

2 – Locação de locais não utilizados pelos moradores

Alguns condomínios contam com locais, apartamentos ou salas que não são mais utilizados pelos moradores, ficando assim vagos e causando prejuízo.

Uma ótima ideia para esses casos é alugar o espaço para algum morador que esteja precisando de um depósito ou para realizar eventos e festas.

É considerável lembrar que a possibilidade do aluguel desses locais deve ser uma decisão aprovada pela assembleia do condomínio. Além disso, deve ter regras claras e justas para todos que desejam usufruir do espaço, como estabelecer um tempo máximo que cada inquilino poderá ficar com o apartamento extra, por exemplo.

É possível, ainda, a locação de espaços comuns para pequenos comércios ou empresas venderem seus produtos e serviços, garantindo uma maior arrecadação em condomínio e evitando o aumento da taxa de aluguel.

Entretanto, é preciso que esses locais sejam fiscalizados constantemente, garantindo assim a segurança dos condôminos e o cumprimento das diretrizes de acordo entre ambas as partes e com as leis e normas do próprio condomínio e leis municipais.

3 – Organização de eventos de arrecadação

Moradores de condomínios no país estão se organizando de maneira voluntária para realizar eventos e festividades que visam arrecadar fundos para a manutenção do próprio condomínio.

Essa é uma boa forma de incentivar a arrecadação em condomínio, garantir entretenimento e ainda conseguir uma renda extra para arcar com os custos de moradia e reparos dos prédios e casas.

É possível deixar que os próprios moradores decidam como utilizar esse dinheiro, na organização de mais eventos, no pagamento de alugueis de funcionários, na revitalização de áreas de lazer e/ou esportivas do condomínio, etc.

Para organizar as festas, é preciso se atentar para convidar todos os moradores, enviando bilhetes e convites entregues pessoalmente ou por e-mail. É possível realizar a arrecadação nas festas através da compra de comidas, bebidas ou produtos artesanais feitos pelos próprios moradores.

Bingos e rifas também são ótimas formas de arrecadar um valor extra, apenas se assegurando de que o ganhador receba o produto ofertado em boas condições.

Powered by Rock Convert

4 – Reciclagem de lixo

O ato de reciclar não é uma ação comum do brasileiro. Entretanto, é uma ação importante para promover a manutenção das áreas verdes do condomínio e evitar problemas de alagamento.

Além disso, é possível ganhar uma renda extra por meio da venda de lixo reciclado para empresas que tratam de detritos ou ele pode ser utilizado na construção de adornos, criação de adubo e outras maneiras de promover a queda de gastos do condomínio, além de ainda ajudar o meio ambiente.

5 – Vender locais para publicidade

Condomínios comerciais utilizam bastante a locação de murais, pequenas propagandas nos elevadores e até mesmo em totens espalhados por todo o condomínio.

Para fazer isso, o síndico pode ir em busca de empresas especializadas em publicidade para entender e acertar como isso pode ser feito.

É importante que os moradores também estejam cientes da proposta. Inclusive, é significativo que o síndico já esteja com, pelo menos, uma empresa interessada em mãos, para que eles possam entender em qual local serão colocados os anúncios, quanto o condomínio arrecadará com essa ação e como esse dinheiro será investido.

O preço de cada propaganda varia bastante conforme a empresa interessada, os locais nos quais ela será exposta e que tipo de mídia será utilizada. É uma forma simples de arrecadação em condomínio, sem prejudicar os moradores.

O valor de locação varia de empresa para empresa, região e também os locais que serão expostas as publicidades. Existem algumas empresas que fazem locação de espaços para publicidade em condomínios, como a Helloo, Elemídia e Remídia.

Para aprovação do trabalho com publicidade no condomínio, é preciso maioria simples dos presentes na reunião da assembleia do condomínio. Entretanto, é preciso de aprovação unânime dos condôminos caso a publicidade seja externa e altere a fachada do condomínio. 

6 – Aluguel de espaços públicos em condomínios comerciais

Caso você possua ou seja um síndico de um condomínio comercial, existe ainda a possibilidade de alugar locais terceirizados como academias, salões de festa ou a garagem do condomínio para empresas terceirizadas.

Assim, o condomínio consegue uma renda extra por meio do pagamento mensal dessas empresas para a utilização dos espaços.

7 – Avaliação constante do quadro de pessoal

Confira como anda o trabalho dos seus funcionários e pense em maneiras de cortar custos sem que eles sejam prejudicados. Veja se existe algum funcionário que realize muitas horas extras e considere a contratação de um folguista para exercer parte desses horários.

Assim, você não reduzirá o salário efetivo do funcionário e nem fará com que ele trabalhe de forma exaustiva, garantindo o bem-estar de todos. Outra opção é diminuir a rotatividade de funcionários, assim, evitam-se gastos constantes com pagamento de direitos trabalhistas e outros encargos que podem pesar no bolso do condomínio e, consequentemente, dos inquilinos também.

8 – Criatividade

Essa, na verdade é uma dica bônus. Além das 7 dicas que te passei, usar a criatividade pode ser a solução que pode trazer uma renda extra para o condomínio. E não ache que isso é apenas uma função sua, você pode – e deve – engajar os moradores a encontrarem soluções para gerar maior receita para o condomínio.

Muitas vezes o síndico não consegue encontrar uma maneira de aumentar a renda do condomínio, faz buscas na internet mas não conversa com os moradores, que podem ter soluções simples e lucrativas. Então não deixe de conversar na reunião do condomínio com todos os moradores sobre quais formas de elevar a receita do condomínio.

E se você teve uma ideia diferente e implementou em seu condomínio, não deixe de comentar aqui no blog para ajudar outros síndicos que estão passando pela mesma situação.

Conclusão

Assim, conhecendo algumas dicas para aumentar a arrecadação em condomínio e ainda diminuir o valor pago pelos inquilinos, você promoverá um ambiente muito mais confortável e bem cuidado para os moradores, além de permitir que eles paguem um preço mais justo e ainda possam promover a interação entre eles.

Além de melhorar a arrecadação, um bom síndico precisa promover uma boa gestão da taxa do condomínio recebida todos os meses para que esse dinheiro possa ser utilizado da melhor maneira possível. Por isso, confira este outro post em que explicamos como fazer isso!

2 comentários em “Arrecadação em condomínio: descubra agora como aumentar”

  1. estou achando bem interessante todas essas dicas pois à dois 2014 à 2016 fui sindica e estou retornando novamente a gestao novamente, porem com muita dificudade com os conseheiros , e o ex sindico, gostaria de mais dicas para poder continuar minha gestao.
    agradeço.

    1. Equipe MeuElevador

      Olá Ronise!
      Fico muito feliz que tenha gostado do material que estou fazendo. Você pode assinar a newsletter para receber materiais semanais.
      Um grande abraço,
      Rodrigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima