O condomínio não conserta o elevador, o que fazer?

elevador quebrado

Condomínios com elevadores quebrados e que não mandam consertar são casos que vejo acontecer várias vezes.

Essa situação afeta diretamente a vida dos moradores e usuários, pois o elevador é o principal meio de transporte de um edifício.

Como trabalho com elevadores e vivencio esses problemas diariamente, quero te mostrar nesse texto o que fazer caso o síndico não tome as medidas necessárias.

Além disso vou te mostrar o que deve ser feito para melhorar aquele elevador que vive parado.

Elevador quebrado

Primeiramente, tenho que falar sobre os elevadores.

Um elevador com paradas de funcionamento constantes, ou seja, uma vez ou mais por mês, é um equipamento que precisa de uma atenção.

Máquina de Tração do Elevador

Isso porque os elevadores são equipamentos projetados para terem excelente funcionamento.

Um condomínio que tem seus elevadores parados causam stress, insegurança e indignação.

Uma situação que se torna ainda mais complicada quando o edifício tem apenas um elevador.

Nesses casos, a ação do condomínio deve ser rápida, já que os moradores ficam em uma situação mais delicada.

Principalmente quem mora nos andares mais altos.

Um elevador parado constantemente não pode ser considerado algo normal.

Por isso mostro no final do texto quais as ações tomar para reverter essa situação.

O que fazer se o síndico não toma nenhuma ação?

Ter os elevadores parados e não ver o condomínio tomando nenhuma ação para o seu funcionamento é bastante frustrante.

Mas entender como está a situação e o que está de fato acontecendo é fundamental.

Por isso, primeiramente, peça uma explicação do síndico.

Veja se a demora para o conserto dos elevadores é culpa dele ou da empresa de manutenção.

Se você considerar que o síndico não está tomando as devidas providências, o que pode ser feito é uma reunião de condomínio para avaliar a situação.

Sendo um serviço necessário para o funcionamento do elevador, com a votação da maioria dos condôminos é possível aprovar a ordem de serviço.

Casa de máquinas do Elevador
Casa de máquinas do Elevador

Separei aqui um trecho do Código Civil do Condomínio.

Art. 1.341. A realização de obras no condomínio depende:

I – se voluptuárias, de voto de dois terços dos condôminos;

II – se úteis, de voto da maioria dos condôminos.

§ 1o As obras ou reparações necessárias podem ser realizadas, independentemente de autorização, pelo síndico, ou, em caso de omissão ou impedimento deste, por qualquer condômino.

§ 2o Se as obras ou reparos necessários forem urgentes e importarem em despesas excessivas, determinada sua realização, o síndico ou o condômino que tomou a iniciativa delas dará ciência à assembleia, que deverá ser convocada imediatamente.

§ 3o Não sendo urgentes, as obras ou reparos necessários, que importarem em despesas excessivas, somente poderão ser efetuadas após autorização da assembleia, especialmente convocada pelo síndico, ou, em caso de omissão ou impedimento deste, por qualquer dos condôminos.

§ 4o O condômino que realizar obras ou reparos necessários será reembolsado das despesas que efetuar, não tendo direito à restituição das que fizer com obras ou reparos de outra natureza, embora de interesse comum.

Orçamento de peças e serviços

Muitas vezes o que acontece é que a empresa de manutenção dos elevadores informa que é necessária a substituição de uma peça ou componente do elevador com um valor muito alto.

Assim o síndico fica em uma posição complicada, sem saber se é realmente necessária a troca da peça e se os valores estão de acordo.

Como saber se os gastos com os elevadores estão adequados?

Ainda mais quando já há uma desconfiança dos serviços prestados pela empresa.

Essas dúvidas acabam influenciando no tempo que o elevador fica parado, já que o condomínio não sente segurança nos serviços da empresa de manutenção.

Nesses casos o melhor a se fazer é orçar com outras empresas, ou procurar a ajuda de um especialista em elevadores.

Com esse auxílio o condomínio toma as decisões com embasamento e agilidade.

Como evitar que os elevadores parem de funcionar?

Os principais responsáveis pelo bom funcionamento dos elevadores são:

  • Proprietários
  • Usuários
  • Empresa de manutenção
  • Empresa fabricante do equipamento

Proprietários

Diferente do que se pensa, são os proprietários que podem gerar maior impacto no funcionamento dos elevadores.

Normalmente imagina-se que a empresa de manutenção é a maior responsável pelo bom funcionamento do elevador.

De fato, eles têm grande responsabilidade, mas quem pode agir e causar o maior impacto na qualidade dos elevadores são os síndicos e responsáveis pelo elevador.

Cabe aos proprietários exigir e fiscalizar da empresa de manutenção um excelente serviço, conforme contrato firmado.

Cabina do Elevador

Quando há um controle do serviço que está sendo feito é o momento em que mais vemos mudanças na qualidade de funcionamento dos elevadores.

Se você quer que seus elevadores funcionem de acordo, recomendo que veja esse material que preparei:

Como controlar e fiscalizar a empresa de manutenção?

Powered by Rock Convert

Também é sua responsabilidade controlar o uso dos elevadores da forma correta.

Usuários

Os usuários também têm uma parcela de responsabilidade no bom funcionamento dos elevadores.

Quando os passageiros usam o elevador da forma errada, passando do limite de capacidade do elevador ou depreciando o equipamento, as chances de falhas do elevador vão aumentar consideravelmente.

Por isso respeitar as regras de uso do elevador irão ajudar no funcionamento adequado dos elevadores.

Vale a pena dar uma olhada nesse texto:

As 10 principais regras de uso do elevador em condomínio

Empresa de manutenção

Esta é uma parte importante.

As empresas de manutenção devem cumprir suas obrigações e prestar o serviço adequado nos elevadores.

Mas, infelizmente, muitas vezes não é o que acontece.

Vemos diariamente elevadores que não estão recebendo uma manutenção adequada.

Máquina de Tração com vazamento de óleo
poço do elevador
Poço do elevador sujo e sem manutenção adequada

E existem alguns motivos para isso.

A mão de obra qualificada ainda é um grande problema.

A quantidade de técnicos capacitados e qualificados é baixa.

Além disso a carga de serviço em cima de um técnico é muito alta, fazendo com que a dedicação em cada elevador seja muito baixa.

Para se ter uma ideia, um técnico chega a ficar responsável por mais de 140 equipamentos por mês.

Como ele vai conseguir dar uma manutenção de pelo menos 1 hora em cada equipamento?

Por isso que, como mencionei acima, a forma como o síndico e o condomínio lida com seus elevadores faz toda diferença.

Quando o síndico exige, cobra e não aceita um serviço de má qualidade, a empresa acaba se adequando ou o edifício busca outros profissionais.

Empresa fabricante do equipamento

O último fator, mas não menos importante, são as fabricantes.

Já vimos várias vezes elevadores novos – até 5 anos de uso – apresentando muitos problemas.

Em certos casos são por problemas com a manutenção, mas em muitos outros são relacionados ao equipamento.

E principalmente a sua instalação.

O que acontece é na hora da montagem alguns erros acontecem, e isso acaba prejudicando o condomínio lá na frente.

Erros que geram falhas nos elevadores e diminuem a sua vida útil.

Um exemplo é em relação as guias do elevador. Quando você está andando em um elevador e ele balança quando passa por um certo andar.

Guias do elevador desalinhadas

Isso é porque as guias estão desalinhadas.

Nossa dica para resolver os problemas nos elevadores

Existem várias maneiras para se solucionar essa questão, mas a que vemos que tem maior efetividade está relacionada as ações do síndico e condomínio.

Quando o condomínio passa a ter maior controle sobre os serviços executados, há uma melhora significativa.

Além dos benefícios a longo prazo e nas economias que serão sentidas ao longo dos anos.

O primeiro passo que você pode dar é acessar nosso material em que mostramos quais são as 17 principais falhas que acabam com a performance do seu equipamento.

Nesse estudo, analisamos 183 elevadores e mostramos quais os principais itens na manutenção que você deve se atentar

Conclusão

Espero que esse material tenha te ajudado a resolver a situação dos elevadores em seu condomínio.

Sabemos como é difícil para os moradores e usuários não ter os elevadores funcionando de acordo, passando por muito stress e insegurança.

Por isso, a melhor maneira para se acabar com os problemas nos elevadores é através do controle do condomínio sobre os serviços que são prestados.

Caso tenha alguma dúvida específica sobre os elevadores do seu condomínio, fique à vontade para comentar aqui embaixo.

Fazemos o máximo para responder a todos!

Orçamento de serviço em elevadoresPowered by Rock Convert

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima