KONE Elevadores

Os elevadores KONE ocupam um grande espaço no mercado de elevadores brasileiro. Sendo assim, muitos edifícios possuem esses equipamentos.

Muitas vezes o síndico fica em dúvida sobre quem pode realizar a manutenção, se há a necessidade de troca do equipamento e como deve proceder no momento de troca de peças dos Elevadores KONE.

Nesse material te mostro a história do elevador KONE, quais as empresas são capazes de atender essa marca, a KONE elevadores no Brasil, quando realizar a modernização de um elevador KONE e te passo algumas dicas em relação a troca de peças.

Separei da seguinte maneira:

  • História da KONE Elevadores
  • Quais empresas estão capacitadas para realizar o serviço em um equipamento KONE?
  • Devo substituir o Elevador KONE?
  • Troca de peças do Elevador KONE, qualquer empresa consegue me atender?
  • Modernização de elevadores KONE
  • Conclusão

Se está com alguma dúvida em relação a esses tópicos, siga a leitura!

História da KONE Elevadores

KONE é uma empresa finlandesa fundada em 1910 que atua na fabricação, manutenção e modernização de elevadores, escadas rolantes, motores elétricos, fabrica máquinas para vários tipos de indústrias e também fabrica portões e portas automáticos.

Atua em 40 países e é uma das maiores empresas da Finlândia, a KONE é atualmente a quarta maior fabricante de elevadores e escadas rolantes do mundo, no mundo existem mais de 520 mil elevadores da KONE funcionando.

Em 1939 a KONE produziu o seu elevador de número 3000 e seu guindaste de número 200.

A empresa é responsável por cerca de um quinto dos elevadores e escadas rolantes de vendas da sua empresa mãe, as operações da empresa nos Estados Unidos representa um quinto de todas as vendas da companhia no mundo.

Quais empresas estão capacitadas para realizar o serviço em um equipamento KONE?

A manutenção do elevador é algo fundamental para a qualidade e segurança do equipamento.

Quando se tem um equipamento de uma marca surgem dúvidas quanto a capacidade de outras empresas atenderem de acordo.

A ONE Elevadores, empresa que é a distribuidora autorizada, tem grande capacidade de atendimento, mas não somente ela.

Empresas nacionais tem grande acesso a peças e conhecimento técnico para atender esse tipo de equipamento.

Portanto, desde que a empresa tenha técnicos qualificados, é provável que tenham capacidade para realizar a manutenção de elevadores KONE.

Preparei um material em que mostro algumas diferenças entre as multinacionais e as nacionais.

Vale a pena dar uma olhada em:

Thyssenkrupp, Otis, Atlas Schindler ou empresas brasileiras, qual a melhor opção para o meu elevador?

Meu elevador é da marca KONE, preciso substitui-lo?

Muitas vezes essa dúvida surge, principalmente quando o condomínio decide substituir a empresa de manutenção.

Para a grande maioria dos casos a resposta é não.

Não é porque os elevadores KONE e está substituindo por outra empresa que eles não vão conseguir repor as peças.

Ainda mais se o seu funcionamento estiver de acordo.

Caso o elevador seja muito antigo e está começando a apresentar um grande número de paradas e de trocas de peças, talvez a modernização possa ser interessante.

Mas explico melhor sobre a modernização abaixo.

Em relação a troca de peças, qualquer empresa consegue me atender?

Uma dúvida entre síndicos e os administradores de elevadores é em relação a capacidade da empresa mantenedora conseguir as peças de um elevador KONE.

Quanto a isso posso afirmar que a maioria das empresas de manutenção conseguem encontrar essas peças.

As peças de praticamente todas as marcas de elevadores já estão difundidas no mercado.

Alguns modelos serão mais difíceis de serem encontrados no mercado, mas essa dificuldade vale tanto para uma empresa multinacional quanto para uma empresa pequena.

Então o critério de escolha de uma empresa de manutenção por acreditar que uma empresa multinacional terá maior acesso a determinadas peças é equivocado.

Mas as peças ainda são fabricadas?

Na maioria dos casos sim.

Muitas vezes o técnico do elevador diz que a peça não é mais fabricada, e que isso vai tornar a substituição muito mais cara.

Realmente em certos casos isso é verdade, mas são componentes muito específicos para modelos de elevador que já não estão no mercado.

Grande parte das peças ainda são fabricadas, já que atendem vários modelos de elevador.

Modernização de elevadores KONE

Trocas de peças que muitas vezes são caras e que demoram a chegar é um fator a ser considerado na hora da modernização dos elevadores KONE.

Mas antes disso precisamos entender melhor do que se trata realmente de uma modernização de elevadores.

O que é uma modernização de elevadores?

Modernização de elevadores é um termo genérico para designar uma série de procedimentos técnicos que podem ser realizados no elevador com a intenção de torna-lo mais atual tecnologicamente ou em termos de segurança.

Ou seja, é a troca de equipamentos no final da vida útil, que se tem dificuldade de reposição de peças por equipamentos atuais, que trazem mais conforto e segurança aos passageiros.

Na prática, modernizar o elevador é selecionar certos componentes e determinar a substituição deles por componentes mais modernos.

O componente mais visado na modernização é o quadro de comando.

Preparei um texto em que mostro o que é e quando é a hora de substituir o quadro de comando, vale a pena conferir em:

Quadro de comando: O que é e qual a hora de substituir?

Quando se substitui o quadro de comando, também são trocadas as botoeiras dos pavimentos.

Além disso, o que é muito visado é a fazer uma reforma estética na parte interna da cabina.

Ou seja, arrancar os painéis e acabamento existentes, e instalar um acabamento mais moderno, normalmente com chapas de aço inoxidável, trocar o piso e o estilo do teto e iluminação, e também substituir a botoeira da cabina por uma mais moderna.

Fatores importantes a se considerar na hora da modernização

Conforme mencionei acima, um fator importante é em relação a troca de peças do elevador.

Caso o elevador KONE for um modelo em que as peças são difíceis de se encontrar e caras, vale a pena a começar a pensar em modernizar.

Mas fique atento em relação a quais tipos de peças estão falando em trocar.

Não adianta substituir o quadro de comando do elevador se as peças que estão sendo trocadas estão no motor do elevador.

Outra questão importante a se levar em conta é em relação a qualidade da viagem do elevador.

Se o elevador dá um solavanco, tanto na partida quanto na chegada, e é algo bem perceptível, pode ser interessante fazer a modernização.

Com quadros de comando mais novos a movimentação do elevador será mais suave, algo que gera uma diferença no condomínio.

Ainda mais quando estamos falando de prédios comerciais e de grandes edifícios residenciais.

Máquina de tração e motor do Elevador KONE

Quanto ao motor e a máquina de tração dos elevadores, sua substituição geralmente não é aconselhada, e te explico o porquê.

Quando falamos sobre essas máquinas, estamos lidando com máquinas projetadas a 20-30 anos, o que pode parecer que são obsoletas.

Mas ao contrário do que se pensa, essas máquinas são robustas e apresentam uma alta qualidade, e quando a manutenção é bem realizada pode durar muitos e muitos anos.

Então substituir a máquina de tração pode não ser a melhor ideia.

É muito mais aconselhável que a manutenção seja bem executada do que retirar e colocar um motor novo.

Conclusão

Como você pode ver, os Elevadores KONE tem uma grande reputação no mercado de elevadores.

O serviço de manutenção nessa marca de elevadores hoje já é bastante difundido, então são inúmeras empresas mantenedoras com capacidade de atender esses equipamentos.

A troca de peças pode ser algo complicado, e muitas vezes podem demorar e ter um custo elevado.

Em certos casos a modernização pode ser interessante, mas vale ressaltar que esse é um processo caro e que precisa ser muito bem analisado.

Preparei um material em que mostro qual o custo médio de uma modernização. Vale a pena dar uma olhada clicando aqui:

Modernização de Elevador: Saiba agora quanto custa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This