Caixa d’água em condomínio

Uma questão muito importante que você, como síndico, deve estar atento é em relação a limpeza da caixa d’água em condomínio. Muitas vezes o síndico assume o cargo e logo que pensa na limpeza da caixa d’água surge uma dúvida. De quanto em quanto tempo deve ser feita a limpeza da caixa d’água?

Caixa d’água

A frequência de limpeza de caixa d’água, de acordo com a legislação, deve ser feita de 6 em 6 meses ou após consertos na rede interna de água. Esse período é determinado por leis municipais, sendo o síndico o responsável por cuidar da limpeza e manutenção. A higienização da caixa d’água, assim como sua manutenção, são medidas importantes para garantir que a água do seu condomínio seja apropriada ao uso dos condôminos.

Porque fazer a limpeza da caixa d’água?

A limpeza da caixa d’água em condomínio é de grande importância pois a água pode ser contaminada por sujeiras e matérias orgânicas. Assim, é fundamental a manutenção das caixas d’água e reservatórios para que não se tenha problemas de saúde.

Um outro fator relevante é que o caminho percorrido pela água até chegar ao consumidor final é grande, então a probabilidade de contaminação pela água em condomínios é alta.

Além das questões de saúde, que por si só já são motivos para realizar a limpeza da caixa d’água, o síndico deve seguir a legislação. Em muitos municípios é obrigatório a limpar as caixas d’água.

Como limpar caixa d’água em condominio?

Em condomínios, é importante que seja feita uma programação prévia na hora da limpeza da caixa d’água. Como o registro de água deve ser fechado, os condôminos devem estar devidamente avisados pelo síndico, para não serem pegos de surpresa. O ideal é que permaneça na caixa apenas a quantidade mínima de água suficiente para a limpeza.

O processo de limpeza da caixa d’água é relativamente simples, depois de fechar o registro, é feita a limpeza nas paredes e no fundo do reservatório. Após essa limpeza, o registro é aberto para escoar a água suja pela tubulação e em seguida se enxagua.

Depois, abre-se o registro de entrada de água da rua, enchendo novamente toda a caixa com água limpa até o nível ideal para distribuição pelos apartamentos. O serviço realizado por empresas especializadas é rápido, cerca de uma manhã para limparem 4 caixas d’água.

Quem deve fazer a limpeza da caixa d’água?

Como a atividade deve seguir certas normas de segurança, não é recomendada a limpeza da caixa d’água por conta própria, pelo zelador ou outro funcionário do condomínio faça essa limpeza. Em algumas cidades o condomínio pode ficar sujeito à multas. Existem municípios em que é obrigatório que a limpeza da caixa d’água seja feita por uma empresa especializada, por isso não deixe de conferir como são as leis do seu município.

Durante a limpeza o profissional também pode avaliar mais facilmente possíveis problemas, como rachaduras na caixa d´água, que podem trazer outras dores de cabeça, como infiltrações, por exemplo. Além disso, o profissional realizará a limpeza com os cuidados necessários para evitar a contaminação tanto de quem está limpando quanto do próprio reservatório.

Quem paga pela limpeza da caixa d’agua?

Essa é uma dúvida muito comum entre moradores, principalmente para os inquilinos, que não sabem se essa é uma despesa ordinária ou extraordinária.

Como a limpeza da caixa d’água é referente à manutenção do condomínio, assim como a manutenção de elevadores, essa é uma despesa ordinária. Então, cabe ao morador (inquilino) arcar com essa despesa.

Qual a legislação da limpeza de caixa d’água?

Conforme já mencionei, as leis referentes à limpeza da caixa d’água são estabelecidas pelo seu município. Na cidade de Belo Horizonte, a lei 6673 de 4 de julho de 1994 estabelece as normas para a manutenção da qualidade da água em locais como escolas, unidades de saúde, entidades beneficentes, condomínios residenciais, comerciais e residências unifamiliares.

Portanto, se você não sabe qual a legislação referente à limpeza da caixa d’água, não deixe de procurar no site da prefeitura da sua cidade.

Quais são os cuidados que devemos ter com as caixas d’água?

Você deve sempre tomar certos cuidados com a caixa d’água. Além da limpeza, também é fundamental cuidar para que a caixa esteja bem vedada. Caixas sem tampa atraem animais, que podem urinar ou defecar na água,  contaminando a água do condomínio. A tampa aberta também possibilita o ingresso de insetos, como os mosquitos que transmitem doenças contagiosas.

O síndico também deve estar atento a caixas quebradas ou com rachaduras, que podem causar infiltrações na prédio. Com a limpeza recorrente, esses problemas são minimizados.

Além dos cuidados com a limpeza da caixa d’água, você deve ficar atento a manutenção das bombas.

Conclusão

Você, como síndico, deve sempre manter a caixa d’água limpa, pois isso é fundamental para garantir a saúde de todos os moradores. Se está iniciando a sua gestão agora e não sabe quando foi feita a última limpeza da caixa d’água, converse com o antigo síndico para saber se ele a fez. É sempre importante que a limpeza da caixa d’água em condomínio e outras manutenções estejam programadas no calendário de manutenções do seu condomínio.

Outra questão que é de grande impportância e que muitas vezes o síndico não sabe como agir é em relação a manutenção de elevadores. Se o elevador do seu prédio vive com defeitos, ou está achando caro demais o valor da manutenção, não deixe de ver esse post que preparei:

◊    Como Avaliar se a Manutenção de Elevadores Foi Feita Corretamente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This