Dicas de segurança no elevador

Os elevadores são considerados um dos meios de transporte mais seguros do mundo.

Ainda assim, acidentes com elevadores podem, de fato, acontecer.

Na maior parte das vezes, eles são decorrentes de más condições de preservação do equipamento ou manutenções realizadas precariamente mas, ainda assim, existem algumas dicas de segurança no elevador que evitam falhas e até alguns acidentes.

segurança no elevador

Então, para minimizar qualquer risco de acidente e para que o seu condomínio mantenha os elevadores nas melhores condições possíveis, elaboramos este guia com dicas de segurança no elevador!

Aqui te mostro dicas de uso do elevador e falo sobre o uso de elevador em condomínio. Continue lendo e confira quais são as principais dicas de segurança no elevador do seu condomínio!

Como garantir que o elevador esteja em condições de uso seguro?

O primeiro e principal responsável pela preservação das boas condições de funcionamento dos elevadores de um edifício é o síndico.

Afinal, é ele quem administra todas as questões e interesses do condomínio e da vida em comunidade dos que ali residem.

Por isso, vejamos quais são os principais cuidados do síndico para garantir a segurança no elevador:

1. Garanta que a manutenção esteja em dia

Um erro que pode custar muito caro é a falta de preocupação quanto à realização de avaliações e manutenções nos elevadores.

Os elevadores são equipamentos altamente seguros.

Porém, sua segurança é resultado do bom funcionamento de uma série de circuitos e dispositivos que devem ser verificados e mantidos rotineiramente.

A falta de devido cuidado com estes componentes pode sim representar condições de uso inseguras do equipamento.

Portanto, cabe ao síndico garantir que a manutenção esteja em dia e mantendo a perfeita segurança do equipamento.

Saiba se a manutenção do elevador do seu predio está em dia em:

◊   Como Avaliar se a Manutenção dos Elevadores Foi Feita Corretamente?

2. Certifique-se de que as normas de segurança sejam cumpridas

As normas de segurança são indispensáveis para que acidentes não aconteçam — exatamente por isso, devem ser uma preocupação tanto de síndicos quanto de moradores.

Ao síndico, cabe a responsabilidade de espalhar avisos pelo condomínio esclarecendo quais são as principais medidas de segurança para a utilização do elevador.

Bem como para chamar à atenção aqueles que as descumprirem.

Além disso, caberá também ao síndico a verificação periódica dos itens de segurança, telefone de emergência e botões de alarme, para que se certifique de que estejam sempre em condições perfeitas de funcionamento.

E lembre-se de que as chaves de abertura para casos de emergência devem ser guardadas em lugares que possam ser facilmente acessados. Uma deverá ficar dentro do elevador, e outra do lado de fora.

Os degraus de desnível entre o elevador e o andar também devem ser atentamente observados.

Essa diferença de nível poderá causar acidentes — além, é claro, de provavelmente indicar problemas ainda mais sérios.

Sempre que surgirem dúvidas a respeito da utilização e manutenção do elevador, contate um técnico especialista para te oferecer as orientações adequadas.

E, em casos de falta de energia ou travamentos do elevador, jamais tente resolver sem a ajuda do especialista. Toque o alarme e acione a empresa de manutenção.

Como evitar acidentes ao andar nos elevadores?

A boa utilização de elevadores é fundamental para a conservação desse equipamento, logo, todos os residentes deverão estar sempre atentos às regras de segurança.

Vejamos, então, quais são as principais delas:

3. Crianças devem estar sempre acompanhadas

Crianças menores de 10 anos devem estar sempre acompanhadas ao utilizarem o elevador.

O primeiro motivo é que elas não saberiam como se portar ou manter a calma em caso de travas ou falhas no equipamento.

Além disso, adultos devem monitorá-las constantemente para que não brinquem, pulem ou mexam com o painel de controle e, com isso, coloquem o equipamento e suas próprias vidas em risco.

4. A porta não deve ser forçada

Se houver um travamento, solavancos ou qualquer outra falha mecânica do elevador, a porta jamais deverá ser forçada ou aberta à força.

Nesses casos, o alarme deverá ser acionado e todos os presentes dentro da máquina deverão aguardar a assistência.

Além disso, certifique-se sempre de que não haja objetos atrapalhando o fechamento das portas.

5. Respeite a capacidade do elevador

Todo elevador vem com um aviso indicando qual é o número de pessoas que ele comporta, bem como a sua capacidade em quilos.

E esses números não devem ser desrespeitados, pelo bom funcionamento e segurança do elevador.

Caso haja suspeita de que a regra esteja sendo desrespeitada, averígue as câmeras de segurança, e converse com os responsáveis alertando-os sobre o perigo de tal postura.

6. Não fume no elevador

Essa regra diz respeito a saúde dos passageiros. A cabina do elevador é um ambiente pequeno, fechado e de circulação de ar restrita.

Os efeitos relacionados à pratica do tabagismo são muito amplificados nesse ambiente para os fumantes passivos.

7. Não jogue objetos no vão do elevador

Uma das dicas de segurança no elevador de suma importância é a de não jogar objetos ou lixo pelo vão do elevador entre andares.

Isso poderá gerar bloqueios, travas e prejudicar todo o funcionamento do equipamento, portanto, vale deixar avisos para que os moradores se conscientizem sobre isso.

8. Verifique se o elevador está parado no andar antes de entrar

Esse é um problema indevido que tem históricos de acidentes fatais pelo mundo inteiro, especialmente para portas de abertura manual.

Por isso, antes de entrar no elevador, os usuários deverão averiguar se ele está realmente parado no andar, e de que não se trata de uma abertura indevida das portas.

Inclusive, esse é outro aviso que deve ser colocado em todos os andares.

9. Não force o botão do elevador

Na hora da pressa, é comum que usuários fiquem apertando o botão para chamar o elevador várias vezes seguidas, como se isso fizesse com que ele chegasse mais rápido.

Contudo, além de não aumentar em nada a velocidade do elevador, esse uso abusivo do botão poderá gerar defeitos para o painel.

Ademais, é importante ressaltar que, em prédios que existem mais de um elevador, acionar vários botões de todas as máquinas ao mesmo tempo gera desperdícios de energia e, consequentemente, contas de energia mais elevadas para todo o prédio.

Essas foram nossas dicas de segurança no elevador, espero que sejam úteis para o seu condomínio.

Um outro fator que gera insegurança e altos custos para o condomínio é a manutenção de elevadores ruim.

Veja mais em:

◊   Manutenção de elevador ruim? Por quê nos atentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This