componentes de um elevador

Conheça TODOS os componentes de um elevador e suas funções

Orçamento de serviço em elevadoresPowered by Rock Convert

Uma grande dúvida das pessoas é em relação aos componentes de um elevador. Quais os principais equipamentos do elevador que estão por trás da cabine de passageiros.

Nesse post te mostro quais são os principais componentes de um elevador e quais as funções de cada um deles.

Vou te apresentar todas as partes do elevador para que você saiba um pouco mais sobre o meio de transporte mais seguro do mundo.

Quais são os componentes do elevador?

Os componentes do elevador são: a casa de máquinas, a cabina, o operador de portas, a máquina de tração, o motor de tração, a caixa de corrida, as portas de pavimento, o quadro de comando, o quadro de força, o limitador de velocidade, o contrapeso, correntes e cabos de compensação, o poço, a energia de emergência, o aparelho seletor e o cabo de comando.

Agora explico detalhadamente cada um deles. Vamos lá!

Casa de Máquinas

Normalmente situada no topo dos edifícios, a casa de máquinas é o recinto destinado a abrigar a máquina de tração, quadro de comando e outros dispositivos destinados ao funcionamento do elevador.

Preparei um post em que explico qual tipo de porta deve ser utilizada na casa de máquinas, não deixe de conferir!

Cabina

Muitas pessoas costumam se referir a cabina para indicar o elevador como um todo, o que não é correto. Ela é apenas uma parte dele, responsável por transportar pessoas e objetos.

A cabina é montada sobre uma plataforma, em uma armação de aço constituída por duas longarinas fixadas em cabeçotes.

O conjunto cabina, armação e plataforma denomina-se carro. A cabina destina-se ao transporte dos passageiros.

Operador de Portas

O operador de portas, mecanismo motorizado situado sobre a porta da cabina, garante abertura e fechamento das portas do elevador ao chegar no pavimento determinado, permitindo o embarque e o desembarque dos passageiros.

O aparelho de segurança montado normalmente na armação do carro deve atuar somente em casos de emergência, ocasionando o travamento da cabina às guias pela atuação do freio de emergência, quando acionado pelo limitador de velocidade.

Máquina de Tração

Constituída basicamente de motor, polia de tração e freio.

Proporciona, através de polias e de cabos de tração, o movimento de subida e descida da cabina e do contrapeso.

Além disso, é dotada de um freio eletromecânico capaz de manter a cabina paralisada.

Os cabos de tração são fixados na suspensão da cabina e contrapeso ou no piso da casa de máquinas

Se você quiser entender um pouco mais sobre os cabos de tração, preparei um texto em que explico tudo sobre o assunto:

◊   Cabos de Tração: O que é, quantos são, quando substituir e quanto custa?

Motor de Tração

O motor do elevador é responsável pelo fornecimento da potência necessária ao movimento da cabina e contrapeso.

Podem ser acionados por corrente alternada ou contínua, de uma ou mais velocidades, comandados por chaves magnéticas, tiristores ou inversores de frequência.

Caixa de Corrida

A caixa de corrida do elevador é o espaço físico da edificação formado por paredes verticais, fundo do poço e teto, acessado normalmente através das portas de pavimento, por onde se movimentam a cabina e o contrapeso.

Powered by Rock Convert

A cabina e o contrapeso deslizam pelas guias, através de corrediças. As guias de aço em perfil “T” são fixadas em suportes de aço ao longo da caixa de corrida.

Porta de Pavimento

São as portas do elevador instaladas nos diversos andares onde a cabina pode efetuar paradas para acesso dos passageiros.

Pode ser automática (abertura central ou lateral) e de eixo vertical.

As portas de pavimento só se abrem quando a cabina chega ao pavimento, liberando o mecanismo de abertura das portas, ou através de chaves especiais.

Sinalização de pavimento: Localizada acima das portas de pavimento, informa aos usuários a posição e/ou o sentido de deslocamento da cabina.

Botoeira de pavimento: Equipamento de comando que registra a chamada nos andares de acesso. Seus botões ou teclas podem ser sensíveis ao toque ou de microcurso.

Fechos eletromecânicos: responsáveis pela segurança das portas de pavimento, fazem a confirmação ao quadro de comando do travamento elétrico e mecânico das portas de pavimento. Impedem o funcionamento do elevador com as portas abertas ou destrancadas

Painel ou Quadro de Comando

Conta com os botões que controlam todas as funções do elevador.

quadro de comando gerencia todo o sistema do elevador, processando informações e controlando a resposta de todos os comandos, como estratégia de tráfego, velocidade e precisão nas paradas. Sua lógica pode ser operada através de relés ou circuitos eletrônicos com lógica digital.

Quadro de Força

O quadro de força do elevador propicia proteção à instalação elétrica e permite ativar e desativar o fornecimento de energia elétrica para o elevador.

Limitador de Velocidade

Dispositivo de segurança, constituído basicamente de mecanismo de disparo centrífugo, polias, cabo de aço e interruptor.

Quando a velocidade de descida do carro ultrapassar a velocidade nominal de um limite pré-determinado, o limitador de velocidade deverá desligar o motor do elevador e acionar mecanicamente o freio de segurança.

O cabo do limitador de velocidade, vinculado ao carro, movimenta o limitador de velocidade e aciona mecanicamente o freio de segurança.

Contrapeso

O contrapeso consiste em uma armação metálica formada por duas longarinas e dois cabeçotes, onde são fixados pesos, de tal forma que o conjunto tenha peso total igual ao do carro acrescido de 40 a 50% da capacidade licenciada.

Correntes e cabos de compensação

O Cabo ou Corrente de Compensação é usado para compensar ou contrabalancear o peso dos cabos de tração quando o conjunto contrapeso e cabina estão situados em posições opostas.

Poço

O poço do elevador é o espaço físico situado na parte inferior da caixa de corrida abaixo do nível de parada extrema inferior. Nele estão instalados diversos equipamentos destinados ao funcionamento e segurança dos elevadores, como limites, polias, interruptores e parachoques.

Energia de Emergência

A fonte de emergência entra em funcionamento automático na falta de energia elétrica garantindo a segurança dos passageiros, proporcionando iluminação na cabina e o acionamento de uma sirene.

Aparelho Seletor

Sinaliza ao quadro de comando de forma eletromecânica ou eletrônica o posicionamento dos elevadores, sentido de movimento e as paradas correspondentes às ordens e chamadas registradas.

Cabo de Comando

Cabo elétrico flexível destinado à comunicação elétrica entre a cabina, dispositivos da caixa de corrida e o quadro de comando.

Conclusão

Como você pode ver, são muitos os componentes de um elevador. Espero que tenha entendido todas as partes do elevador, e visto que a segurança é o principal foco desse meio de transporte.

Se você quiser entender melhor sobre o funcionamento do elevador, não deixe de conferir o post que fiz explicando como um elevador funciona. Veja em:

◊   Como funciona um elevador? Saiba agora!

Powered by Rock Convert

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima