contrapeso de um elevador

O elevador tem vários componentes que, em conjunto, fazem com que o transportre vertical seja possível. E um desses componetes é o contrapeso do elevador.

Nesse post vou te mostrar o que é o contrapeso, como funciona e qual a sua importância para o funcionamento adequado do elevador.

O que é o contrapeso?

O contrapeso consiste em uma armação metálica formada por duas longarinas e dois cabeçotes, onde são fixados pesos, de tal forma que o conjunto tenha peso total igual ao da cabine acrescido de 40 a 50% da capacidade licenciada.

O contrapeso sobe e desce pelas guias, na lateral do poço do elevador. Quando a cabine se move para baixo do eixo, o contrapeso sobe – e vice-versa. Cada cabine tem seu próprio contrapeso para que possam operar independentemente um do outro.

Como funciona o contrapeso?

Na prática, os elevadores funcionam de maneira ligeiramente diferente dos guinchos simples. A cabina do elevador é equilibrada por um contrapeso pesado que pesa aproximadamente a mesma quantidade que o cabina com metada da sua capacidade (em outras palavras, o peso da própria cabina mais 40-50% do peso total que ele pode carregar). Quando o elevador sobe, o contrapeso desce – e vice-versa, o que ajuda de quatro maneiras:

O contrapeso torna mais fácil para o motor levantar e descer a cabine do elevador – assim como sentar em uma gangorra torna muito mais fácil levantar o peso de alguém em comparação com levantá-lo em seus braços.

Graças ao contrapeso, o motor precisa usar muito menos força para mover a cabine para cima ou para baixo. Supondo que o carro e seu conteúdo pesam mais do que o contrapeso, tudo que o motor tem que fazer é levantar a diferença de peso entre os dois e fornecer um pouco de força extra para superar o atrito nas polias e assim por diante.

Como temos menos força envolvida, há menos tensão nos cabos – o que torna o elevador um pouco mais seguro.

O contrapeso reduz a quantidade de energia que o motor precisa usar. Isso é intuitivamente óbvio para qualquer um que já se sentou em uma gangorra: supondo que a gangorra esteja funcionando adequadamente, você pode balançar para cima e para baixo sem nunca se cansar – bem diferente de levantar alguém em seus braços, o que te cansa muito rapidamente.

Este ponto também segue a lógica do primeiro: se o motor está usando menos força para mover o carro a mesma distância, está fazendo menos trabalho contra a força da gravidade.

O contrapeso reduz a quantidade de frenagem que o elevador precisa realizar.

Imagine se não houvesse contrapeso: seria muito difícil de subir a cabine do elevador com sua capacidade no limite, mas, na jornada de volta, tenderia a correr para o chão sozinho se não houvesse algum tipo de freio robusto para pará-lo. O contrapeso torna muito mais fácil controlar a cabine do elevador.

Um fato curioso sobre o contrapeso do elevador

Para a surpresa de grande parte das pessoas, é mais comum o elevador cair para cima, e não para baixo.

Isso acontece porque o contrapeso é sempre mais pesado do que a cabina se ela está vazia ou com poucas pessoas.

O elevador conta com vários dispositivos de segurança, e mesmo quando ocorre a situação dele andar com o freio aberto, ele ainda está seguro.

Isso ocorre por causa do freio de segurança, que atua quando sua velocidade fica mais alta do que deveria.

Conclusão

O contrapeso é fundamental ara o funcionamento do elevador. Como você pode ver, sem o contrapeso a segurança do elevador seria menor, além do gasto de energia que seria maior.

Se você quiser saber mais sobre a segurança dos elevadores, veja o post em que mostro qual a probabilidade de um elevador cair!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This